DEV Community 👩‍💻👨‍💻

Cover image for Inglês de Entrevista
Daniane P. Gomes
Daniane P. Gomes

Posted on

Inglês de Entrevista

Imagem por Cristina

"Passar em entrevistas é uma skill".

Esse é o mantra de um amigo que tem quase como hobby fazer entrevistas de emprego na TI.

Falar com pessoas recrutadoras (ou com qualquer outro ser humano desconhecido) sempre me deixou nervosa, ansiosa e transpirante. Ainda mais quando as entrevistas não são feitas no meu idioma nativo.

Nos últimos anos pude "gastar" o inglês pois me expus a uma boa quantidade de entrevistas de emprego para países como Holanda/Países Baixos, Alemanha, Reino Unido e Portugal (sim, também precisa falar inglês para trabalhar em Portugal).

E fato é que quanto mais entrevistas fiz, melhor preparada me senti para as próximas, pois notava que as perguntas começavam a se repetir ou eram muito semelhantes.

Com isso, deixo aqui um compilado de perguntas em inglês comuns nas ditas "screening interviews": o primeiro contato (telefone ou reunião presencial) com pessoas recrutadoras. Adiciono uma breve explicação do que suponho que é esperado das recrutadoras e exemplos de possíveis respostas. As questões técnicas e específicas de cada tecnologia geralmente são feitas só após este primeiro contato e não serão abordadas (talvez num futuro próximo).

Dessa forma, é possível pensar nas respostas e "ensaiar" antes para se preparar e diminuir a ansiedade no momento de uma entrevista real.

1. "Talk about yourself"

"Fale sobre você".

Faça um resumo sobre a sua carreira, destaque as coisas importantes que já realizou. Não é comum na Europa as pessoas começarem a trabalhar na área antes de terminar a faculdade, então é o momento de deixar claro se foi uma faculdade noturna por exemplo, pois pode gerar confusão para as pessoas recrutadoras o tempo de experiência que você diz ter.

Exemplo: I've been working as a Software Engineer for the past 18 years, mainly with Java and Spring framework. I took night classes during my time in University so I could work during the day. I'm Java 8 certified and I'm currently learning more about cloud providers such as AWS.

2. "Describe your most recent projects"

"Descreva seus projetos mais recentes"

Descreva versões de linguagens, inclua buzzwords, fale sobre o volume de dados e acessos da sua aplicação. É uma diferencial trabalhar com tecnologias recentes ou aplicações que suportam grandes cargas de dados ou acessos.

"I've developed from scratch a cloud-native application using Java, Spring Framework and Angular 11. The application had AWS as a cloud provider and many services such as Lambdas, RDS, ECS, etc, were used".

3. "Describe your dream job"

"Descreva seu emprego dos sonhos".

O que é importante pra você, as tecnologias que gostaria de trabalhar, o que te entusiasma. A recrutadora vai tentar entender se a vaga combina com você e tentar te enquadrar em possíveis vagas que possam surgir.

"I would like to work with state of the art technology: cloud native applications, with the programming languages I'm good at. It's important to me that we use the best practices know in the industry: solid pipeline and processes, code reviews, time for research, high test coverage, etc. I also want a good work-life balance and a healthy and diverse environment."

4. "How many hours per week do you spend coding? How long do you spend on frontend/backend?"

"Quantas horas por semana você passa codificando? Quanto tempo em frontend/backend".

Essa é uma pergunta bem simples e que não tem "pegadinha", porém na primeira vez que perguntaram eu não sabia exatamente. Precisei "calcular" durante a entrevista, o que me tirou um pouco o foco e me deixou nervosa. É sempre bom ter essas informações de prontidão.

"I work mostly with backend, so roughly 24 hours with Java, 8 with Angular and the other 8 I spend in meetings, code reviews, etc".

5. "Why do you want to live in The Netherlands/Germany/UK?"

"Por que você quer morar nos Países Baixos/Alemanha/Reino Unido?"

Se você está tentando mudar de país, essa pergunta vai aparecer. As recrutadoras querem entender seus motivos e se você conhece o país para deseja ir. Querem evitar de deslocar você do outro lado do mundo, pagar as despesas e no primeiro mes ter decepções e querer voltar. Pense nos seus motivos - não tem certo ou errado - e expresse-os.

"I want to live in The Netherlands because it's a country that not only accepts but embraces diversity. The Netherlands has a history of tolerance and it seems to be very open-minded both legally and culturally, which matches my own values. And yes, I'm aware of the weather."

Perceba aqui que usei "I want" e não "I would like" pra reforçar o efeito de certeza do que quero.

6. "Do you have any experience as a leader?"

"Você tem alguma experiência como líder?"

Experiências de liderança geralmente são esperadas em posições mais sênior. Mesmo que você não esteja se canditando a Team/Tech Lead a empresa quer saber se você tem esse potencial e como se sente nessa posição.

"When we have interns I'm responsible for mentoring them and offer them the support needed to perform their activities."

7. "What is your salary expectation?"

"Qual sua expectativa salarial?"

Acredito que a intenção é saber se a pessoa está informada sobre os valores pagos pelo mercado e verificar se as expectativas estão de acordo com o que a empresa pode pagar. É claro que todo mundo quer pedir 400k por ano pra trabalhar remoto mais benefícios, mas é importante pedir valores de acordo com a experiência e faixa salarial de mercado para ser levade a sério. O Glassdor ajuda ter uma boa ideia sobre o assunto.

"I've seen the market value is around x to y. With my experience I believe it's fair to ask for y".

8. "Tell me about the weaknesses you think you have in your CV"

"Me fale sobre os pontos fracos que você acha que tem no seu currículo"

Não precisa maquiar os defeitos. Pode falar das inseguranças! Se a empresa não for uma usina nuclear de tóxica, eles vão entender que procuram profissionais com potencial e não a perfeição na terra.

"I'm often very insecure about my general knowledge. I have many years of experience and yet there are things I don't know because I've never worked with. I would like to be more comfortable with NoSQL and more programming languages other than Java.".

9. "How do you keep yourself up to date?"

"Como você se mantém atualizado"

É hora de fazer propaganda daqueles cursos online que você posta na sua timeline do Linkedin e mostrar que a busca por conhecimento não parou depois do "hello world".

"I try to attend every Java meetup, I just complete another AWS training and I'm preparing for the xyz certification".

10. "Why are you a good fit for this position?"

"Por que você acha que é adequado para essa vaga?"

Não é o momento de ser humilde! Também não é o momento de ser mentiroso. Pense no que você é bom e deixe a recrutadora saber.

"I have good knowledge and experience, so I can deliver the tasks fast. I'm not an asshole, so the team will enjoy working with me. I'm creative, so I can bring different perspectives to your business. And even after all these years I still have the passion. Give me a healthy, fair environment and room to learn that I'm sure we will be a good match."

Essas são as perguntas que pude lembrar. É importante deixar claro que as respostas são baseadas em exemplos reais e formuladas da forma que eu acredito ser a melhor para comunicar meu trabalho. Não se trata de uma receita de sucesso ou cagação de regra: são apenas exemplos para inspirar o exercício de reflexão nas duas pessoas que vão me ler (e pra mim também, que vou voltar aqui quando estiver buscando novo emprego).

:)

Top comments (0)

🌚 Browsing with dark mode makes you a better developer.

It's a scientific fact.