DEV Community

fagnertito
fagnertito

Posted on • Updated on

Precisamos falar sobre a corrente do bem na área de TI

Programas de inclusão e diversidade tem sido um tema de inúmeros processos seletivos e de bootcamps espalhados pela internet. Em várias empresas, e em destaque os grandes players do mercado de TI, há uma busca para inclusão de minorias na estrutura de Human Resources. Tenho visto cada vez mais, frases e textos de apoio, na divulgação das vagas de empresas que abraçam essa causa. Há ainda aquelas empresas que querem difundir isso ainda mais, fomentando indicações do seu quadro de funcionários, e publicações em mídias digitais de grande visibilidade para atrair talentos. Isso é muito benéfico para a sociedade, essa discussão é democrática, no entanto, quero falar aqui também de uma corrente do bem que eu mesmo fui envolvido. Pense no cenário onde você começa com seu perfil no LinkedIn e vai fazendo conexões com pessoas da sua área de interesse. Aqui já deixo uma dica para os iniciantes, sempre envie uma mensagem na nota do seu pedido de se conectar informando o porquê você quer se conectar com aquela pessoa. É importante sempre olhar o perfil de quem você esta abordando, para você concatenar seus interesses com o(a) dele(a). O que ambos compartilharem na rede fará parte do feed dos dois. Depois, comece a interagir com seus pares, já que vocês tem o mesmo interesse é possível que gostarão de quase as mesmas coisas e assim o algoritmo começa a trabalhar por você. Mantenha contato com eles(as), os parabenize por conquistas e vá construindo seu relacionamento. Verá que é como uma amizade onde ambos vão se conhecendo e depois compartilhando valores.
Alt Text
O que me chamou muito a atenção não só no LinkedIn mas nas relações profissionais que criamos, é que há uma vontade de ajudar muito grande. Sabemos que um emprego não é só uma função ou um cargo, é dignidade. Ser útil a sociedade e trazer o dinheiro que paga as contas no fim do mês vai além de só vender suas horas de trabalho. E muita gente dá esse incentivo na busca por empregos melhores, primeiro através da busca por conhecimento e habilidades (skills), depois, por lugares onde nossos valores sejam compartilhados também pelo nosso empregador. E aí que começa essa corrente. Quando você se expõe e coloca seus anseios para um novo contato da área, logo perceberá que muitos farão menção a cursos gratuitos que valem a pena fazer, grupos de interesse onde compartilham desde vagas de emprego, até dicas e códigos de resolução de problemas específicos. Ter com quem contar nas horas que você tá quebrando a cabeça em uma fórmula ou esta em busca de uma recolocação de trabalho e não sabe todas as skills, é mais do que uma simples ajuda, as vezes muda sua perspectiva de vida. E é muito bom ter contatos que te ajudarão. Por isso resolvi escrever esse texto, porque somos ajudados direta ou indiretamente por pessoas que nunca vimos, ainda mais no momento pandêmico como este, é quase surreal contar com outro profissional a milhares de quilômetros de você que para um minuto para te ajudar. Felizmente esse momento da interação virtual trouxe esse alento. Eu vivi isso na pele, e até a postagem desse texto não encontrei formas de agradecer a todo esse público. É essa corrente e esse compartilhamento de valores que esta fazendo as empresas repensarem suas aquisições de talentos. Uma companhia com essa pluralidade de profissionais torna o ambiente mais amistoso, faz com que suas horas de trabalho sejam mais bem aproveitadas e te dá ânimo de ser cada vez mais útil aos propósitos de crescimento profissional não só seus mas da empresa também.

Discussion (0)