loading...
Cover image for Criando seu blog com Zola e hospedando de graça na Netlify

Criando seu blog com Zola e hospedando de graça na Netlify

rochacbruno profile image Bruno Rocha Originally published at codeshow.com.br ・3 min read

Criando seu blog com Zola e hospedando de graça na Netlify

A forma mais prática para publicar blogs, especialmente se o blog for de uma pessoa desenvolvedora é a utilização de sites estáticos, são inúmeras as vantagens dessa abordagem.

Os motivos que nos levam a escolher sites estáticos ao invés de um CMS completo incluem a simplicidade da linguagem Markdown, a possibilidade de armazenar o conteúdo gratuitamente em um repositório do Github ou Gitlab, a rapidez na renderização do conteúdo, a facilidade na migração caso precise mudar de servidor, a hospedagem gratuita em serviços como Netlify ou Github Pages e é claro não ter que manter bancos de dados e servidores web.

Eu mesmo já tentei criar meu próprio CMS algumas vezes (1, 2) e no final das contas percebi que eu não preciso de um CMS complexo e você provavelmente também não.

Componentes

Estes são os componentes que usaremos nesta solução.

  • Markdown - Linguagem de marcação para o conteúdo.
  • Git (github/gitlab) - Repositório onde o conteúdo será armazenado.
  • Zola - Ferramenta que irá gerar o site estatico a partir dos arquivos markdown.
  • Github UI ou seu editor favorito - Local onde escreveremos novos posts no blog.
  • Netlify - Serviço de hospedagem que fará os deploys automaticamente do blog.

Zola

O Zola é um programa escrito em Rust para a geração de sites estáticos, com ele é possivel criar sites, single page apps e também blogs.

Eu estava a procura de um gerador de sites estáticos para construir este blog e como estou
bastante interessado em praticar com Rust eu fui ao AwesomeRust e fiz uma busca por static-site e nesta lista estava o Zola.

Dei uma rápida olhada em seu código fonte para saber se eu teria condições de contribuir para o projeto caso viesse a adotar.

Algumas coisas me fizeram escolher o Zola

  • Escrito em Rust (Rápido e Seguro)
  • # Markdown é **amor**
  • Binário único $ zola, apenas 20MB com tudo incluido para gerar o blog.
  • Templates Tera que tem a {{ sintaxe }} bem parecida com o Jinja do Python.
  • Syntax Highlight.
  • Shortcodes (diretivas Markdown customizáveis).
  • Processamento de imagens.
  • Muitos Temas.
  • Deploy simples na Netlify e Github Pages.
  • Todas as features de um gerador de sites estáticos.

Instalação

Na verdade não há instalação, o Zola é distribuído já compilado e é um único binário que você pode baixar na página de releases.

A versão mais atual no momento desta postagem é a 0.9.0 e para iniciar o seu Blog você pode seguir estes passos.

Considerando um sistema Linux, porém se você estiver no Windows ou Mac veja os links na página de releases e adapte para o seu O.S.

# Baixando o Zola (linux)
wget https://github.com/getzola/zola/releases/download/v0.9.0/zola-v0.9.0-x86_64-unknown-linux-gnu.tar.gz

# Descompactando
tar -xvzf zola-v0.9.0-x86_64-unknown-linux-gnu.tar.gz
rm zola-v0.9.0-x86_64-unknown-linux-gnu.tar.gz

# Executando
./zola --help

# Saída
SUBCOMMANDS:
    build    Deletes the output directory if there is one and builds the site
    check    Try building the project without rendering it. Checks links
    init     Create a new Zola project
    serve    Serve the site. Rebuild and reload on change automatically

Se tudo funcionou bem até aqui é hora de iniciar um projeto e começar a escrever o conteúdo para o blog.

Criando um novo site Zola

Este processo é bem simples rodando o comando $ zola.. Clique aqui para continuar lendo...


Este conteúdo também está disponível em áudio:

Posted on by:

rochacbruno profile

Bruno Rocha

@rochacbruno

I am a Software Engineer from São Paulo, Brazil. I code mostly in Python and Rust, I love Flask and web dev in Python and I currently work with Quality Engineering and Test Automation at Red Hat.

Discussion

markdown guide