DEV Community

loading...

Como foi a minha trajetória de aprender a programar. Vale a pena fazer uma faculdade de programação? [Parte 2]

guilhermemanzano profile image Guilherme Manzano ・5 min read

Como eu falei na primeira parte deste artigo, hoje irei compartilhar minhas impressões sobre cursos pagos e gratuitos, linguagens que recomendo para quem está iniciando, plataformas de estudos e se vale a pena ou não ingressar em uma faculdade de TI.

Alt Text

Cursos Online e onde estudar
Começando pelos cursos, já fiz um artigo falando sobre todos os cursos que fiz até julho de 2020 relacionados a TI, sendo a maioria deles de programação. A maioria destes cursos foram gratuitos, onde assisti pelo Youtube, Udemy e por alguns outros sites. Falando sobre os cursos gratuitos, encontrei uma grande variação de qualidade, encontrando desde cursos com didáticas bem ruins, confusos e com baixa qualidade de material, até cursos excelentes, com dezenas de horas de conteúdo e didática melhores até que nos cursos pagos renomados. Ou seja, não é só por que o curso é gratuito que é ruim, basta saber procurar e garimpar bem.

As plataformas em que encontrei uma grande quantidade de cursos gratuitos em português foram o Youtube e a Udemy. Na Udemy, você tem a opção de filtrar por cursos gratuitos e pagos, nível de experiência, idioma, entre outras coisas. Existem muitos cursos bons gratuitos na Udemy, mas é necessário pesquisar bem. Para se ter uma boa ideia sobre o curso, eu recomendo ler os comentários deixados por alunos sobre a qualidade do conteúdo, material disponibilizado, didática do professor, se o curso está atualizado e nível de abrangência do conteúdo.

Já os cursos pagos da Udemy (eu já uns fiz cinco), eles costumam ser bem mais completos que os gratuitos, com dezenas a centenas de horas de conteúdo. Estes cursos costumam ser atualizados mais frequentemente (inclusive quando saem versões mais novas dos softwares), os professores dão feedback mais rápidos e costumam ter conteúdo bem mais extensivo, tratando de assuntos mais complexos e de problemas cotidianos que ocorrem no dia a dia do programador. Mas, para iniciantes, é preciso ler bastante sobre o professor e ver o feedback nos comentários, pois, de todos os cursos que comprei, apenas um deles explicava assuntos desde o zero para iniciantes. Apesar da maioria dos cursos dizer que ensina desde o básico, tive bastante dificuldade no “básico” nos outros cursos, pois estes eram mais focados em quem já tem experiência em outras linguagens, pois utilizavam termos técnicos, técnicas avançadas ou explicações superficiais sobre conceitos básicos. Com relação ao conteúdo abordado, apenas um dos cursos que adquiri tratou apenas conhecimentos básicos, os demais foram mais a fundo nas matérias, e foi com eles que pude aprender como criar, manipular e resolver problemas de bancos de dados; testes e debug; lançar um app ou site comercialmente; formas de rentabilizar e monetizar o trabalho; criação de diversos projetos completos (com consumo de api); camadas de segurança; entre outras coisas. Os cursos gratuitos que fiz na própria Udemy e em outras plataformas trataram dos assuntos de forma mais superficial, sem aprofundar nestes detalhes que vão de fato ajudar um programador no dia a dia da profissão.

No Youtube, há uma grande quantidade de cursos, desde mais introdutórios até cursos mais completos. A didática e a qualidade acaba variando muito de canal para canal, mas, para quem está iniciando em alguma tecnologia nova, há cursos excelentes e que passam por vários aspectos da tecnologia em questão. Como ponto negativo, não consegui encontrar nenhum curso realmente completo das tecnologias que estudei, a maioria tratava mais da linguagem/tecnologia em si, não apresentando projetos completos, seguranças e outros pontos que citei no parágrafo anterior.

Também fiz cursos na Digital Innovation One, neste site há diversos cursos completos de várias linguagens de programação, mas acabei não gostando muito da didática dos professores. Pelo que eu vi, todos os cursos neste site são gratuitos.

A Fundação Bradesco e o SENAI tem cursos gratuitos onlines de excelente qualidade e didática, mas são mais focados para iniciantes, dando uma introdução nas linguagens e tecnologias. Eu recomendo esses sites para quem está começando agora na área e não gostou dos cursos grátis que há no Youtube e na Udemy.

Em resumo, há centenas de cursos gratuitos de alta qualidade disponíveis hoje na internet em diversos sites e plataformas. Eu recomendo para os iniciantes que comecem com os cursos do Youtube e da Udemy, por serem sites confiáveis e com grande quantidade de cursos. Mas, para quem quer se aventurar, existem muitos outros sites de cursos gratuitos de ótima qualidade. Para quem já domina o básico e intermediário das tecnologias ou deseja se aprofundar, eu indico fazer alguns cursos pagos. A Udemy, por exemplo, sempre faz promoções, onde cursos de dezenas de horas de aulas acabam saindo por 20 a 30 reais cada.

Faculdade de TI vale a pena?
A discussão se faculdade de programação vale ou não a pena fazer é bem extensa, não existindo consenso entre a comunidade e as empresas da área. Hoje em dia, você não vai precisar de um diploma para trabalhar como programador na maioria das empresas. Na minha opinião pessoal, se você consegue aprender programação e suas tecnologias sozinho e não se sente bem em um ambiente acadêmico formal, não é necessário fazer uma graduação para seguir carreira nesta área.

Na faculdade, dificilmente você terá contato com as linguagens mais novas e tecnologias de ponta que estão sendo utilizadas no momento. O foco das faculdades de tecnologia é ensinar a base (como projetos, banco de dados, lógica de programação, negócios, estrutura de dados, cálculo, estatística, etc). Além disso, fazendo uma graduação, você terá a oportunidade de fazer estágio em grandes empresas do setor, acelerando sua carreira profissional. E a faculdade também permite que você construa um bom networking, o que te dará a chance de alcançar bons empregos e, talvez, construir algum negócio com algum colega.

Sendo assim, eu recomendo para todos que desejam construir um networking, aprender a base de programação e tecnologia e que desejam fazer um estágio, que façam uma graduação nesta área. Mas, para quem não quer fazer faculdade, também é possível construir uma carreira e aprender sobre programação sozinho.

Discussion

pic
Editor guide