loading...
Cover image for 30 Days in / 30 dias de Desafio

30 Days in / 30 dias de Desafio

_olarsarah profile image Sarah Rodrigues~ ・5 min read

Olá, para quem não me conhece ainda, eu me chamo Sarah e você está prestes a ler sobre o meu primeiro mês dentro dos 100 dias de código. Acho importante refazer essa apresentação porque como é um marco importante do processo, pode ser que você tenha me achado justamente por isso, então permita que eu me apresente.
Meu nome é Sarah, tenho mais alguns sobrenomes mas geralmente eu uso o Rodrigues. Pode me chamar de Sarah mesmo, acho que facilita bem as coisas.
Eu sou graduanda em Jogos Digitais pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro e embora eu goste muito do que eu faço, eu possuo uma paixãozinha essencial por desenvolvimento web. Ah! Eu tenho 29 anos e zero complexos com idade aqui ok ?
Possuo interesse por várias áreas de conhecimento e não isso não é uma carta de apresentação, mas é bom deixar claro porque provavelmente você vai me ver falando sobre mais coisas além de programação.
Eu tenho esse “hábito” de sempre arrumar alguma coisa pra fazer? Eu não sei, as vezes não é nada realmente útil, mas me ajuda a pensar.
Atualmente eu estou fazendo o desafio de 100 dias de código, o que foi provavelmente o que te trouxe até aqui, então vou falar mais disso!

100 Dias de Código

Então como o nome sugere, o desafio é feito durante o decorrer de 100 dias e embora eu não saiba quem foi o criador do desafio eu acho a proposta bem interessante. A proposta dentro dos 100 dias de código é basicamente estudar programação durante todos os dias, durante 100 dias consecutivos, com o horário sugerido de uma hora por dia, mas até isso é variável.
O mais legal dentro desse desafio como um todo é que você decide o que vai estudar, linguagem, framework, biblioteca e afins. Além disso você pode mudar durante o processo para outra coisa dentro de programação dentro do que você queira aprender.
Então você basicamente estipula o que você quer aprender e até o tempo que vai passar estudando também, em cima disso você faz o melhor que conseguir para estudar dias seguidos.
A única grande regra do desafio é postar seu progresso em uma rede social, qualquer que seja e usar a tag #100DaysOfCode , explicando o que você fez naquele dia e o que você conseguiu aprender. O que particularmente eu acho um bom tracking do progresso durante o processo.

Primeiros 30 dias

Então gente, a exatamente dois dias atrás eu completei meu primeiro mês dentro do desafio e no dia seguinte já parei de novo.
Mas Sarah, não tinha que ser consecutivo? Tinha sim!
Só que assim né gente, a vida acontece, então eu vou dizer como as coisas estão funcionando para mim certo?
Inicialmente a minha ideia era realmente desenvolver uma rotina de estudos onde eu estudaria pelo menos meia hora todo dia, só assistir aula valia, só codar valia, só ler valia, ou seja , tudo valia desde que eu estivesse absorvendo ou pondo em prática alguma coisa que eu vi. Só que assim gente, eu estou atualmente desempregada e além disso rolam alguns outros problemas internos como problemas de ansiedade. Acho bom deixar isso claro, porque essa história de “super dev em ação” não existe por aqui, eu pelo menos não acredito nisso e gostaria que as pessoas soubessem que está tudo bem com isso!
Então assim gente, até o dia 20 e alguma coisa? Eu estava indo bem, conseguindo manter os estudos todos os dias, mesmo desanimando e não querendo fazer mais nada.
As vezes eu assistia só uma aula, nem entendia muito o que estava acontecendo, mas me sentia menos mal do que não ter feito absolutamente nada no dia. A parte importante disso, é que ter este tipo de comportamento me fez perceber que as vezes a gente acha que não está fazendo nada, justamente por ter feito o mínimo do mínimo, mas aí eu descobri que até o mínimo do mínimo consegue movimentar os nossos projetos. Eu vou explicar isso mais pra frente, mas vamos dizer que esses passinhos estão me ajudando bastante.
Pouco tempo depois desses 20 e poucos dias, eu não lembro se eu só estava muito cansada, se eu fiquei doente, tive alguma crise, ou estava em algum processo seletivo, eu lembro que eu parei um dia ou dois, e então começaram os pequenos intervalos. Como eu estou levando toda essa trajetória como algo muito pessoal, eu decidi que o meu foco que era conseguir realmente estudar todos os dias consecutivos tinha sido alterado para conseguir terminar o desafio. A razão principal disso é que eu já havia tentado o desafio alguma vez antes e tinha feito pouco mais de um mês de estudos, sem pular um dia se quer, mas então acabei desistindo do desafio todo de uma vez.
Outra coisa que também acho importante destacar é que na minha cabeça eu já tinha uma separação bem clara de que os estudos que eu tivesse que fazer por conta exclusivamente de processos seletivos, não contariam nos 100 dias de código. Isto porquê, como eu havia dito, o desafio tem sido algo extremamente pessoal para mim, então se eu estou querendo melhorar e estou escolhendo o que vou estudar e como estudar, algo que não está dentro disso, por exemplo estudar um framework para uma prova, não estaria incluso.
Depois disso, cheguei até o dia 29 e parei novamente, mas dessa vez por um intervalo de duas semanas e uns poucos dias. Dessa vez eu parei por conta de um processo seletivo do qual eu queria muito ter passado, mas em outra ocasião eu detalho mais a experiência. O importante aqui, é que este processo tomou muito tempo meu de estudo e demandou muito esforço mental e emocional para mim. Então mesmo depois que ele acabou, eu tirei alguns dias para descansar, já que minha cabeça não aguentava mais pensar em programação ou em processos seletivos.
Dentro dos meus 100 dias de código eu também escolhi fazer pequenos projetos que me ajudariam a construir um portfólio, o que significa que agora eu estou voltando do ponto de onde eu parei, e aqui que entra a história dos pequenos passos. Eu aparentemente estudei pouco no passar dos dias, e não cheguei a fazer nada em um nível que me causasse grande stress. Ainda assim, agora eu tenho um site, online que funciona e um pequeno clone de jogo em desenvolvimento, então as coisas estão acontecendo sim!
Só que assim, durante os processos as vezes a gente também aprende né? Então, o bom do último processo seletivo é que por causa dele eu aprendi alguns conceitos relacionados a desenvolvimento web que eu não estava sabendo aplicar antes. Graças a isto, quando eu conseguir mexer no meu site novamente, já tenho várias melhorias planejadas.

Por hoje acho que é isso e se alguém tiver interesse em acompanhar meus processos mais de perto, a rede social onde eu estou fazendo esse tracking é o Twitter, então é só me seguir @_olarsarah . Só vou deixar avisado que eu estou bem longe de falar só de programação lá, mas, sempre que eu faço a postagem do desafio eu uso as tags #100DiasDeCodigo e #100DaysOfCode.

Sejam todos muito bem vindos e espero que a minha experiência até agora possa ajudar vocês de alguma maneira! =)
Até a próxima!

Posted on by:

_olarsarah profile

Sarah Rodrigues~

@_olarsarah

A brazilian game and web developer. INFJ searching the right place to be. Love Innovation, arts, pizza and Javascript is my fav language haha.

Discussion

pic
Editor guide