DEV Community 👩‍💻👨‍💻

Cover image for Soft Skills - Autoconhecimento e Autogestão
Antonio Lazaro
Antonio Lazaro

Posted on

Soft Skills - Autoconhecimento e Autogestão

Conheça a série sobre Soft Skill

Durante a quarentena causada pela Pandemia da Covid-19 algumas empresas tiveram iniciativa de liberar alguns cursos online gratuitos devido a campanha #fiqueemcasa gerada nas redes sociais. A Escola Conquer foi uma dessas e liberou o curso de Inteligência Emocional. Eu nunca botei muita fé em cursos dessa natureza, o que não significa que não ache o tema relevante, porém esse curso me surpreendeu positivamente, e minha curiosidade sobre o assunto aumentou. Compartilho um pouco do que aprendi e li sobre o conceito de autoconhecimento e autogestão.

Introdução

Quando se fala sobre autoconhecimento, o nome é autoexplicativo e diz sobre a capacidade que a pessoa tem de conhecer a si mesmo. Mas pouco percebemos que muitas vezes não nos conhecemos tão bem quanto achamos. Então o curso mostra algumas técnicas e caminhos para que você busca desenvolver isso. Importante registrar, que esse processo é continuo, porque mudamos bastante ao longo da vida, não só fisicamente, mas nosso comportamento, nossas percepções e nossos objetivos vão mudando no decorrer da nossa jornada. O autoconhecimento também pode ser visto como uma busca filosófica de redescoberta e reescrita de caminho. Os primeiros pontos que podem ser avaliados nesse estudo, é se você conhece suas forças e fraquezas. Suas características que potencializam você e quais te deixam vulneráveis. Para isso, é bastante importante identificar sua personalidade e muitas pessoas não conseguem fazer isso sozinhos, nesse caso, vale a pena a busca de uma ajuda profissional nesse sentido. É importante conhecer sua personalidade para saber seus limites e valores, e na escrita do caminho, você avaliar se esse caminho não vai de encontro a sua personalidade, tornando o processo muito mais complicado do que o necessário. Autoconfiança é uma ferramenta importante nesse processo.

O time da Conquer fala bastante nesse módulo sobre o ciclo da ação, que basicamente diz que toda observação feita sobre os outros, é o resultado oriundo de um repertório que é o conjunto de experiências que conceitualmente são nossas crenças.

Repertório (Experiências) -> Crenças -> Atitiudes -> Resultados.

Para quebrar esse ciclo, é importante avaliar sempre contexto e se os repertórios fazem sentido ou não para o cenário observado. Para observar se não estamos presos no ciclo da ação em loop, é importante se auto conhecer.

Autoconhecimento

7 passos para reflexão em busca do autoconhecimento:

  1. O que atingimos até o momento? Quais são suas vitórias e conquistas? (prêmios, concursos, títulos)
  2. Quais são suas paixões? Quais atividades, interesses, assuntos te fascinam,empolgam? Te fazem sentir dispostos?
  3. Quais são suas forças? Entusiasmo, honestidade, critério, amor por aprendizagem, perspectiva, amor, bondade, bravura, perserverança, criatividade, inteligência social, curiosidade, trabalho em equipe, gratidão, imparcialidade, liderança, humildade, prudência, esperança, bom humor, espiritualidade, autocontrole?
  4. Qual seu repertório? Quais são suas vivências e experiências? O que você já fez ou já viveu?
  5. Você é mestre ou referência? Você é um modelo para outras pessoas? Quais pessoas te inspiram?
  6. Qual seu propósito? Por que você faz o que faz? O que busca?
  7. Quais são seus inimigos internos? Quem identifica os internos, sabe lhe dar com os inimigos externos. Como controlar o que não conhecemos?
  • Prestativo? Vítima? Inquieto? Insistente? Hiper racional? Hiper realizador? Controlador? Emotivo demais?

Autogestão

A autogestão é a capacidade que o sujeito encontra para administrar suas próprias emoções e com isso suas atitudes. Esse conceito é muito utilizado no mundo corporativo também. Autogestão no mundo corporativo está muito associado a possuir mais autonomia. Mas quais características necessárias para entendimento da autogestão? Cito algumas dela: responsabilidade, coragem, disciplina, organização, senso de urgência, capacidade de tomada de decisão, foco.

No curso se fala sobre a ciência das emoções e a organização de nosso cérebro que é dividido em cérebro primitivo emocional ou cérebro moderno (racional), nosso cérebro busca por padrões e repetições para que nosso cérebro primitivo seja usado e com isso gastemos menos energia. Por esse motivo, lutamos para aprender novas coisas, precisamos treinar o cérebro para que ele entenda que aquela nova atividade, é um novo padrão e que precisa ser absorvado por ele.

Muito do que fazemos tem relação com nossas expectativas em relação as necessidades serem atendidas. Quando elas não são atendidas, tendemos a desenvolver sentimentos ruins, diferente de quando são atendidas. Em um processo de autodescoberta, pode ser que descubramos que hábitos atuais são rotineiros e negativos, embora nossas necessidades estejam atendidas. Por essa razão, é importante alinhar o autoconhecimento a um ou um conjunto de objetivos.

Conclusão

Essas duas habilidades apresentadas, são fundamentais para um melhor desenvolvimento humano. Pessoas que trabalham esses dois aspectos desenvolvem uma habilidade melhor na resolução de problemas, melhora sua comunicação porque ela é base para o autogerenciamento, otimiza a gestão de tempo, e consegue melhores resultados práticos.

Alguns livros que abordam tópicos citados nesse tema e que podem ajudar no desenvolvimento dessas habilidades:

  1. Rápido e Devagar, duas formas de pensar por Daniel Kaheman
  2. O poder do Hábito por Charles Duhigg
  3. Mais rápido e melhor: Os segredos da produtividade na vida e nos negócios por Charles Duhigg
  4. Foco por Daniel Goleman

Sobre os autores:

  1. Daniel Kaheman
  2. Daniel Goleman
  3. Charles Duhigg

Voltar para o índice da série de Soft Skill

Outras fontes

Top comments (0)

🌚 Browsing with dark mode makes you a better developer.

It's a scientific fact.