DEV Community 👩‍💻👨‍💻

Cover image for JavaScript, HTML e CSS em português! Como assim?!
Faiçal Carvalho for Programe com Faiçal e Conrado

Posted on • Updated on

JavaScript, HTML e CSS em português! Como assim?!

Introdução

JavaScript pt-BR é o nome da tradução da linguagem JavaScript para o português – mais especificamente, para o português falado no Brasil.

Esta surpreendente variação da linguagem JavaScript está disponível como uma das principais características da plataforma Timus, que oferece um ambiente online para criação de aplicações baseadas na web.

A plataforma Timus vai mais além: ela permite não só a programação em JavaScript pt-BR, mas também em HTML pt-BR e CSS pt-BR – estas duas últimas sendo a tradução das linguagens HTML e CSS para o português falado no Brasil.

Por que traduzir? Por que não ensinar programação usando simplesmente JavaScript, HTML e CSS no original, em inglês?

As linguagens de programação usam, atualmente, o texto escrito para representar os programas. Você pode ver cada programa como um texto que deve ser redigido de acordo com regras semelhantes às que você segue ao escrever, por exemplo, uma redação – um pouco mais rígidas, talvez.

Programar é muito parecido com escrever. Os mesmos atributos de um bom texto valem também para caracterizar um bom programa. Clareza, precisão, simplicidade, objetividade, equilíbrio são características que se aplicam como critérios de qualidade tanto na produção de um texto como na de um programa.

Vamos imaginar, então, que você ainda não tem um bom entendimento de inglês. Ou seja, seu inglês deixa a desejar em muitos pontos.

Vamos imaginar também que, nessa situação, alguém lhe pede para elaborar um pequeno texto – um parágrafo – sobre, por exemplo, o campeonato brasileiro de futebol. No entanto, o pedido é feito com um "pequeno" detalhe adicional: o texto tem de ser em inglês!

O que aconteceria? Você conseguiria cumprir com essa tarefa? Seria fácil realizá-la?

É mais ou menos isso que ocorre quando você quer aprender a programar e, mesmo tendo essa dificuldade, se vê obrigado a usar as linguagens de programação em inglês.

Uma coisa é a programação; outra é o inglês. A programação, por si só, já apresenta uma série de conceitos novos que precisam ser assimilados. O processo de assimilação, definitivamente, não é algo simples. Se nesse processo houver a dificuldade adicional causada pelo inglês, o caminho será muito mais difícil.

Tipicamente, a notação usada nas linguagens de programação é mais concisa do que a que pode ser usada, por exemplo, numa redação. Isso é verdade. No entanto, mesmo havendo a notação mais concisa, cada termo que compõe a linguagem de programação está ali carregando o mesmo significado que possui na língua original – tipicamente, o inglês.

Imagine uma pessoa que não sabe programar e lê o texto de um programa. Por entender a língua nativa na qual se baseia a linguagem de programação que está sendo usada, essa pessoa já pode ter pelo menos uma ideia do que está escrito.

Por outro lado, quando não há esse entendimento mínimo, o texto do programa fica parecido com o seguinte:

    cyz (inf < sup) {
        biczro {
            swpo aux = ((sup - inf) % 2) + 1
            itens[aux] = 0
            inf++
        } czaspod (inf < sup)
        rotwpo wdziwypra
    }
    rotwpo kaywylsz

Para programar, você precisa assimilar alguns conceitos que são fundamentais para a sua formação como programador, seja qual for a linguagem ou sistema de desenvolvimento de software que você utilize hoje ou venha a utilizar no futuro.

O que consideramos importante é justamente a firme assimilação desses conceitos fundamentais.

Para qualquer pessoa que não tenha ainda uma sólida base de conhecimentos da língua inglesa, é mais fácil começar a programar usando palavras na sua língua nativa.

Nesse aprendizado, conforme dissemos, o estudante precisa assimilar conceitos básicos, e o uso de palavras que lhe são naturalmente familiares é um fator que simplifica e acelera o processo de assimilação.

E uma vez assimilados os conceitos básicos, será mais fácil, futuramente, usar – se necessário – as linguagens no original, em inglês.

JavaScript, na sua variação pt-BR usa palavras em português. Toda a estrutura sintática de JavaScript pt-BR e todos os seus mecanismos dinâmicos são exatamente os mesmos que os que configuram a linguagem JavaScript original, em inglês. A única diferença é o uso de palavras em português.

O mesmo vale para HTML pt-BR e CSS pt-BR, ficando mantidas as características de cada linguagem.

Usando o Timus, você pode, inclusive, facilmente alternar a língua do módulo que está sendo exibido no editor, variando entre o inglês (en) e o português (pt-BR).

Alternando entre português e inglês

Estamos, no momento, adotando a variação pt-BR porque o nosso atual público alvo reside no Brasil e tem o português como língua nativa.

Insistimos: o processo de assimilação é mais simples e rápido quando na linguagem de programação são usados termos com os quais já existe uma familiarização natural, propiciada pela língua nativa.

Para muitos brasileiros interessados em aprender programação, não haver a necessidade do inglês é uma barreira a menos no caminho rumo à culminação do aprendizado.

Top comments (0)

Take a look at this:

Settings

Go to your customization settings to nudge your home feed to show content more relevant to your developer experience level. 🛠