DEV Community

Cover image for Meu primeiro freela e o caminho até ele!

Meu primeiro freela e o caminho até ele!

Hoje venho compartilhar com vocês como consegui meu primeiro freela.

Isso mesmo, minha primeira oportunidade de trabalhar com desenvolvimento chegou. E os dois principais fatores que mais me deixaram feliz foi que chegou por reconhecimento e para trabalhar com o que eu realmente gosto no desenvolvimento, o Front-end.

A abordagem:

Em uma das minhas pausas de estudos, fui fazer o que qualquer dev em busca de uma oportunidade faz: conferir o Linkedin. Lá me deparei com uma mensagem perguntando se eu tinha disponibilidade para um freela.

Na hora a alegria já era absurda, mas como tenho meus compromissos e meus objetivos, precisava saber qual era o foco do freela. Para minha total alegria, era montar telas em React com styled-components e uma lib UI que o outro Dev havia já construindo com os components que deveriam ser importados para a construção das telas.

Porque falo sobre reconhecimento:

Um dos motivos pelo qual a pessoa optou por me abordar foi por me acompanhar no Linkedin, ver minhas publicações, minha evolução, meu esforço, meu empenho em ajudar a comunidade.

Foi extremamente gratificante ouvir isso. Pois consolida que cada vez mais o caminho que estou trilhando é o certo. Aumentando minha sede por conhecimento, engajamento e construção de valor para a comunidade.

Os aprendizados:

Listar todos aprendizados que esse projeto já vem me proporcionando e irá proporcionar seria impossível, não tem como mensurar tudo que esse trabalho irá agregar.

Mas consigo já pontuar alguns ensinamentos que ele me trouxe de grande relevância para etapas futuras, como: React com TypeScript, Styled-components, aprofundar os conhecimentos em CSS, gitflow, conventional commits, resolução de conflitos entre branchs, comunicação e colaboração.

Tudo isso e são poucos dias de projeto recém. Tenho certeza que esse trabalho ainda irá me agregar muito conhecimento que terei a maior honra em compartilhar com a comunidade para que, assim como eu, várias pessoas possam ter essas oportunidades na vida.

O que tirar desse pequeno relato?

Mostre-se, documente seu aprendizado e compartilhe com a comunidade. Gere valor para sua imagem, garanta que está sendo visto, participe das comunidades, esteja envolvido na evolução daqueles ao seu redor. Colabore da forma que for possível com o processo de aprendizado de alguém.

Não se prenda porque alguém já escreveu sobre aquele conceito, procure sua forma autêntica de ser, assim você irá perceber que um conceito pode ser explicado de diversas formas e talvez a sua forma de explicar é a que vai fazer aquele conceito ter sentido para alguém que antes não compreendia.

É o clássico caso do "Se der medo, vai com medo", mas não deixe de ir, somente assim você vai expandir sua zona de conforto, fazendo com que situações que te deixavam desconfortável não deixem mais.

Discussion (0)