DEV Community

loading...
Cover image for Criando coragem e publicando seus códigos- Parte I

Criando coragem e publicando seus códigos- Parte I

Elas Programam
Elas Programam foi criado pela engenheira Silvia Coelho para incluir mais mulheres no mercado de tecnologia, promovendo diversidade e equidade de gênero nas organizações.
Updated on ・3 min read

Por @juliabrazolim especialmente para o @elasprogramam

Sabe aquela primeira calculadora que criamos quando estamos aprendendo a programar? Esse é um método muito comum, que é utilizado didaticamente para te ensinar como uma linguagem pode funcionar, indo além do clássico Hello Word. É como um pequeno desafio para a criação de um pequeno programinha.

É aí que você tem toda a liberdade para se inventar e colocar a mão na massa, usando toda a bagagem introdutória, explorar e criar a calculadora do seu jeitinho, seja usando só as quatro operações matemáticas ou adicionando frases para interagir com o usuário, aplicando estilos ou deixando ela super eficiente em seus resultados convertendo os valores. E agora que você aprendeu, criou, funcionou, ficou super legal, você vai deixar a calculadora mofando ali na pasta de exercícios? Afinal, você já aprendeu a fazer mesmo né?

Sem medo de se expor

Quando aprendemos a fazer alguma coisa, mesmo que pareça muito simples, foi um processo que envolveu nossa dedicação, força de vontade e mesmo com perrengues, no fim nos traz satisfação. Quando divulgamos o que fazemos, principalmente códigos, estamos mostrando o que sabemos tanto para aqueles que estão nesse processo de aprendizado, como para recrutadores que vão enxergar seu potencial. "Nossa, mas só publicando uma simples calculadora?".

Sim e não. Uma coisa que aprendi com dicas de amigas e amigos devs, é que quanto mais códigos (mesmo com errinhos) a gente publicar, mais a chance da comunidade te ajudar ou até descobrir novas soluções. Você vai estar criando conteúdos de tecnologia,ajudando e aprendendo. Isso não é incrível?

Recentemente eu percebi que só publicava os códigos ou snippets de assuntos/linguagens que eu domino. Então usando o Codepen, publicava soluções frameworks, CSS ou JS.

| snippets: termo para se referir a blocos de código

O Codepen é perfeito pra isso
O Codepen é uma comunidade online e gratuita para publicar snippets e funciona também como editor de código e acredite, para quem é de front-end, esse lugar ajuda muito não só para demonstrar o que você sabe, como se testar e descobrir projetos incríveis. Você cria trechos de códigos (pens) e testa! Mas infelizmente, a plataforma se limita apenas a HTML, CSS e JavaScript (e seus consagrados).

Para usar a plataforma é simples: você cria uma conta (pode ser logando com o Twitter ou o GitHub) e pronto. Você pode pesquisar por "carousel", "buttons" ou "animations", por exemplo, que vários projetos vão abrir.

Escolhendo qualquer um, é possível abrir, ver como funciona, mexer no código (sem problemas com autoria, pois quando mexe no código não muda a original). Você pode também criar um projeto só seu clicando no seu perfil e indo em New Pen. Existem inúmeros recursos no CodePen como a possibilidade de criar posts, projetos, seguir Devs, etc. Tudo é questão de explorar o site para aprender.

Mas e quanto as outras linguagens? Onde eu publico códigos em Java, PHP ou sei lá, em Ruby? Faz uns dois anos que eu tinha a vontade de aprender Python. Daí, entre o fim de 2019 pro começo de 2020, resolvi pegar firme. Quando chegou na parte de criar uma calculadora e eu finalmente consegui criar, quis mostrar o que aprendi. Foi aí que criei coragem e procurei aprender a usar Git.

Aguardem o próximo post onde vou explicar direitinho como começar a usar o Git e o GitHub.

Até a próxima!

Discussion (0)