DEV Community

Cover image for Aprendizado Kotlin - Configurando ambiente de desenvolvimento Kotlin
Antonio Lazaro for CollabCode

Posted on

Aprendizado Kotlin - Configurando ambiente de desenvolvimento Kotlin

Originalmente publicado no blog do autor.

Introdução

A Plural Sight está com uma promoção para o mês de abril onde os cursos da plataforma estão todos abertos devido a situação da COVID-19. Diante disso, me cadastrei na plataforma e fiz o curso "Getting Started With Kotlin" by Kevin Jones (conta dele no twitter:).

Meu primeiro contato com Kotlin foi durante a seleção da Jaya onde fiz um projeto usando Kotlin e Gradle com Javalin, Koin e Exposed.

O curso ele tem duração de 2h, e cobre uma introdução, fala um pouco sobre programação orientada a objetos, funcional, interoperabilidade Java x Kotlin e vice-versa, e fala sobre a ferramenta de testes Spek.

Configurando ambiente desenvolvimento Kotlin em ambientes Unix based

Para quem não tem a JVM instalada, particulamente, acho a o SDKMan a melhor forma de configurar itens do ambiente Java para ambientes Unix based. Usuários de Windows, não sei se tem uma forma de configurar o SDKMan no Windows.

Segue passo a passo de como testar e configurar ambiente Kotlin em ambiente Unix based:

1- Instalar o SDK Man

2- Usando Sdk Man, instalar o Kotlin

3- Você pode ver que a variável de ambiente KOTLIN_HOME foi setada através do comando

echo \$KOTLIN_HOME

4- Testar a instalação do Kotlin através do comando kotlinc. Deve aparecer conforme abaixo.

Hello World

A forma mais fácil de testar Kotlin sem necessidade de instalar nenhum software é através do site da própria linguagem Try Kotlin que est[a sendo considerado obsoleto e eles recomendam agora o Kotlin Playground.

Arquivos de código-fonte Kotlin eles tem a extensão .kt. O hello World Kotlin pode ser feito da seguinte forma (pode ser executado diretamente no terminal ou salvo como arquivo):

fun main(args: Array<String>){
println("Hello, World")
}

Assim como no Java existe a função public static void main, em Kotlin essa função é o main, descrito acima. É como a JVM interpreta que o Kotlin executará um programa.

Para compilar via linha de comando será necessário digitar o comando abaixo no diretório onde o arquivo foi salvo.

kotlinc nome-arquivo-fonte.kt

Para converter esse código Kotlin em um jar executável da JVM é necessário rodar o comando abaixo:

kotlinc nome-arquivo-fonte.kt -include-runtime -d nome-binario-executavel.jar

IDEs

Dificilmente, alguém utilizará para projetos reais a estrutura acima, de executar manualmente, compilar, etc. Normalmente trabalhamos com IDEs em projetos reais. Não testei no Netbeans porque, particulamente não conheço e não uso, porém para as 3 IDEs que tenho na minha máquina (Eclipse,IntelliJ e VSCode) vi que o Kotlin tem plugin e suporte.

  • IntelliJ: Instalar plugin Kotlin
  • Eclipse: Instalar no Market Place o plugin para Kotlin
  • VsCode: Instalar o plugin para Kotlin (baixei o que tinha mais download em minha busca, que foi do editor: mathiasfrohlich)

Conclusão

Até o momento, estou utilizando IntelliJ como IDE para programar em Kotlin e tenho gostado do resultado. Achei conceitualmente muito parecido com Java, porém mais simples. A interoperabilidade com Java é muito bem feita para os testes incialmente feitos.

Discussion (0)