DEV Community

loading...
Cover image for Razões para se tornar um Alquimista I
Computando Arte

Razões para se tornar um Alquimista I

vncsna profile image Vinicius Aguiar ・4 min read

Introdução a poções e receitas em Elixir

Desenvolver em Elixir tem se mostrado uma experiência agradável e gostaria de compartilhar um pouco do meu aprendizado. Nesta série de posts vou apresentar as razões que me motivaram a continuar estudando esta linguagem e seu ecossistema. E neste post em específico vou apresentar o operador Pipe e Pattern Matching.


Digressões

No final da minha última entrevista de emprego (em que não obtive sucesso) o gestor perguntou como eu enxergava meu futuro no cargo e o que gostaria de aprender. Para surpresa de ninguém respondi que gostaria de não estar trabalhando na área e sim estudando algo mais interessante (quem iria imaginar que eu não iria passar no processo seletivo hein), como processing ou programação funcional. Sem entrar no mérito da área ser interessante ou não, afinal é uma questão de preferência, foi uma péssima resposta que me fez refletir melhor se gostaria de trabalhar na área.

Para entender melhor quais seriam meus próximos passos resolvi estudar uma linguagem funcional, e Elixir foi a escolhida. Esses são meus primeiros passos neste paradigma, e não é uma assunto simples. Citando Joe Armstrong:

"When you start working with a new programming language, on the
surface it seems that all you are doing is learning a new anguage. But at a deeper level, you are doing something much more profound - you are learning a new way of thinking."


Pipe

O pipe é um operador que passa o resultado de uma expressão como primeiro parâmetro da próxima expressão, de acordo com a Elixir School. É bem conveniente quando precisamos passar um valor por uma série operações em cadeia, provendo uma forma de expressarmos melhor o processo. Através do pipe podemos evitar códigos escritos desta forma:

Série de operações em Elixir sem pipe

E abrir espaço para forma mais elegante:

Série de operações em Elixir com pipe

Note que o pipe é um operador bastante conhecido na comunidade de programação, já foi previamente adotado por F#, Ocaml e Julia. E há pouco tempo atrás o operador foi adotado como síntaxe nativa na linguagem R, apesar de ser utilizado anteriormente. Como programador usual de Python, eu sinto que gostaria de uma feature semelhante.


Pattern Matching

Segundo a Elixir School, em Elixir o operador de igualdade ou atribuição (=) é na verdade o operador de match. Ele compara os lados esquerdo e direito da expressão, tentando igualar os mesmos, e caso consiga retorna o valor da expressão. Desta forma ao compararmos uma variável não declarada previamente a um valor, atribuímos o valor a variável.

Pattern Matching com um tipo básico

Apesar de parecer exatamente igual ao operador de atribuição clássico neste exemplo, pattern matching permite uma gama de operações interessantes. Por exemplo, é possível extrair valores de bearer tokens com:

Pattern Matching de um bearer token

E aplicar pattern matching no nome de funções:

Pattern Matching na assinatura de uma função

No primeiro exemplo a expressão à esquerda realiza o pattern matching com a entrada da forma ["Bearer password"]. Desta forma extraio o token e em seguida retorno uma tupla com uma flag de sucesso e o token. Já o segundo exemplo mostra uma forma de declarar a mesma função com entradas distintas. Desta forma evitamos a necessidade de criar funções com assinaturas distintas ou utilizar estruturas de controle dentro das funções.

A capacidade de pattern matching se extende muito além dos exemplos apresentados, e em particular acho muito prático para extrair campos específicos de structs. Para conhecer melhor suas capacidades eu indico o próprio Getting Started da Elixir.


Bônus: O tema drácula para Elixir do VSCode

Uma sólida escolha para visualizar o código de noite. Esse tema é uma extensão do VSCode que permite uma boa visualização do código, em particular gosto do highlight amarelo dos módulos.

Exemplo do Dracula theme for Elixir


E por onde estou aprendendo?

Comecei a jornada pelo livro Learn Functional Programming with Elixir de Ulisses Almeida, e daí segui pra implementação de programas simples com suporte do Getting Started. Agora estou lendo Programming Phoenix 1.4 de Chris McCord, Bruce Tate e José Valim (O criador da linguagem é BR).

E quem pode ajudar?

A comunidade é bem ativa e prestativa, apesar das perguntas meio bobas que me vem em mente. (Não se engane, existem perguntas ruins, mas nunca deixe de perguntar). Recomendo conversar em Elug CE, Elixir BR e Elixir UTFPR.

Agradecimentos

Obrigado.

Discussion (0)

pic
Editor guide