DEV Community 👩‍💻👨‍💻

Cover image for Minha primeira vez desenvolvendo web e o que aprendi
Douglas Breda
Douglas Breda

Posted on

Minha primeira vez desenvolvendo web e o que aprendi

Vivemos um momento totalmente diferente de qualquer outro, um dos eventos que acontecem raras vezes em nossa história e que tem afetado a vida de muitas pessoas, e eu, bem, sou uma delas. A pandemia mudou meus planos e então, acabei usando essa janela para espantar um fantasma que me atormentava há tempos, aprender “web”.

Durante anos, trabalhei com desenvolvimento “desktop” e nunca havia parado para estudar de fato “web”, e isso era algo que me incomodava muito pois perdi várias boas oportunidades por não saber nada sobre. Portanto, vou contar algumas das coisas que segui.

Não estou dizendo que isso é o certo ou o ideal, são opiniões e conclusões que tirei ao longo do caminho e que, se te ajudar, já fico muito feliz.

Vamos lá!!!

1. Escolhendo as ferramentas:

Apesar de não conhecer a estrutura “web”, eu sabia dos inúmeros frameworks que existem… E aí, devo testar todos? Os mais famosos? Não parecia correto.

Depois de alguma pesquisa decidi seguir alguém que já estava na área e ver o que eles indicavam. Encontrei então o pessoal da Rocketseat, e eles me convenceram a utilizar o React e lá deram todas as razões para usá-lo.

Além de uma ferramenta amplamente utilizada, é possível criar aplicações completas para frontend e mobile além de poder utilizar o mesmo Javascript para fazer o backend. Legal né? Apesar disso, eu decidi utilizar .NET Core como backend, pois é o framework que eu mais tenho experiência e quero aprimorá-lo também, já que tem evoluído muito ao longo dos últimos anos, mas isso é assunto para outro post talvez.

2. Vontade utilizar tudo de novo que vê pela frente:

Bem, você já deve ter ouvido a frase: “Não reinvente a roda” não é mesmo? Quando comecei a estudar, pude notar que praticamente há bibliotecas prontas para cada funcionalidade que você precise, uma que faz isso, outra que ajuda naquilo, outra que implementa x padrão. Aí está um erro que eu já havia cometido outras vezes e tentei me controlar desta vez. Consegui? Não totalmente, mas já foi melhor que outras vezes.

Não queira sair usando todas essas ferramentas, principalmente se ela aplica padrões que você ainda não sabe. Vai com calma, anota a biblioteca em algum lugar, para que ela serve e depois você tenta aplicar ela individualmente e entender como funciona. Se você tentar utilizar tudo que há disponível de uma vez só, pode ser que não consiga entender o seu código, tornando o confuso e como efeito, a desmotivação.

3. Até onde tutoriais devem ser seguidos?

Você com certeza já deve ter achado aquele tutorial que era o que você estava procurando, não é? Aí vai uma dica de quem já sofreu, não copie e cole o código e siga à risca tudo que é feito lá, nem sempre funcionará da forma que é explicada, e? Bom, você não vai saber provavelmente o erro, vai tentar igualar o projeto, adicionando código que não é necessário.

Portanto, tutoriais são ótimos, mas use com cautela.

Conclusão

Nem sempre é fácil sair da sua zona de conforto, aprender algo novo, do zero. Em alguns momentos nos deparamos com algo desmotivador, algo que talvez levará dias para resolver. Porém, a sensação de resolver é maravilhosa e é o que vale a pena e, felizmente, há bastante conteúdo e pessoas disponíveis para ajudar. Então, vá em frente, divirta-se!😊

Fonte da Imagem: https://undraw.co/illustrations

PS: Este também é o meu primeiro post, qualquer dica para melhorias é bem vinda.😃

Top comments (2)

Collapse
 
stevescruz profile image
Steve Cruz

Ótimo primeiro post.
Minha dica para você é continue compartilhando suas experiências, foi super interessante.

Collapse
 
douglasbreda profile image
Douglas Breda

Obrigado! Continuarei sim :)

Here is a post you might want to check out:

Regex for lazy developers

Sorry for the callout 😆