loading...

Iniciando um Design System com Storybook 5.3 e Angular

klauskpm profile image Klaus Kazlauskas Updated on ・19 min read

Storybook no Angular (2 Part Series)

1) Como criar uma biblioteca de componentes com Angular e Storybook 2) Iniciando um Design System com Storybook 5.3 e Angular

O Storybook 5.3 foi lançado oficialmente há duas semanas e ele trouxe ótimas melhorias. Além de ficar mais fácil de usar e configurar, ele não é mais "só" um explorador de componentes UI. Ele se tornou uma ferramenta incrível para desenvolver um Design System, e eu vou explorar isso com vocês!

Esse artigo é baseado principalmente nos 4 artigos, criados pela equipe do Storybook, sobre esse lançamento. Se quiser ver essas histórias, que são mais curtas e estão separadas, você pode pular direto para Fontes.

Se você não sabe o que é o Storybook, recomendo ler meu artigo anterior, pois também vou usar o projeto dele como base para esse artigo.

Índice dos tópicos principais:


Preparação

Na época que esse guia foi preparado, foram usadas as seguintes tecnologias:

tecnologia versão instalação
Node.js 11.6.0 como instalar
NPM 6.13.4 Já vem com o Node.js
Angular CLI 8.3.21 como instalar
Storybook 5.3.8 como instalar

Todo o código desse projeto está no GitHub. Então, caso você se perca em qualquer parte, pode fazer uma comparação direta:

GitHub logo klauskpm / angular-storybook

Repositório para ensinar a usar Storybook com Angular.


Atualizando os pacotes

Se você instalou os pacotes do Storybook e agora precisa atualizar eles, não se preocupe. Você só precisa rodar o seguinte comando no seu terminal:

# dentro do seu projeto
npx npm-check-updates '/storybook/' -u && npm install

O npm-check-updates é um pacote que verifica se um pacote precisa atualizar. Nós passamos uma expressão regular para ele achar todos os pacotes que tenham storybook no nome, e a opção -u para atualizar o nosso package.json.

O npx é um comando do Node/npm para executar pacotes sem precisar instalar eles. Ótimo para casos em que não queremos instalar um pacote globalmente porque só vamos usar ele apenas uma vez.

Pode comparar o seu progresso com a tag v2.0 do repositório


Configuração declarativa

O Storybook já tinha uma configuração bem simples, mas tinham alguns pontos que poderiam melhorar, como alguns nomes que não eram claros de acordo com as responsabilidades e a utilização da API do Webpack. Agora que resolveram esses problemas, vamos ver como a ela ficou.

main.js

Resumindo o config.js, addons.js e presets.js no novo arquivo main.jsFonte

O main.js é o arquivo principal de configuração do Storybook e é responsável por tudo que lida com a renderização das nossas histórias. Nesse arquivo vamos declarar, onde devemos buscar as histórias e como identificar elas, quais são os addons da aplicação e as configurações de presets.

Vamos ver como escrevíamos antes e como é hoje.

Antes

.storybook/config.js

import { configure } from '@storybook/angular';

configure([
  require.context('../src', true, /\.stories\.[tj]s$/),
  require.context('../projects', true, /\.stories\.[tj]s$/)
], module);

.storybook/addons.js

import '@storybook/addon-knobs/register';
import '@storybook/addon-actions/register';

Depois

.storybook/main.js

module.exports = {
  stories: [
    '../src/**/*.stories.(ts|js)',
    '../projects/**/*.stories.(ts|js)'
  ],
  addons: [
    '@storybook/addon-knobs',
    '@storybook/addon-actions'
  ]
};

Com isso nós conseguimos matar o config.js e o addons.js do nosso projeto e temos uma configuração bem mais simples de entender. Apesar de nesse exemplo nós termos matado o config.js, nós poderíamos ter outras configurações nele. Essas configurações foram absorvidas pelo preview.js.

preview.js

O preview.js cuida do iframe que exibe (preview) a sua história e das configurações globais. É nele que vamos fazer a importação de CSS e polyfill, e configurações de parâmetros e decorators, que era a segunda responsabilidade do config.js.

No nosso caso só vamos configurar o addon knobs, que estava sendo configurado dentro do simple-button/index.stories.ts.

.storybook/preview.js

import { addDecorator } from "@storybook/angular";
import { withKnobs } from "@storybook/addon-knobs";

addDecorator(withKnobs);

manager.js

O manager.js cuida da parte gráfica que está em volta dos "previews" das histórias e também a parte dos addons. É nele que vamos adicionar configurações como temas, logo e nome da empresa, e configurações de exibição dos addons.

Vamos criar um tema com a base clara e definir que o nome do nosso Storybook é "Angular Storybook":

.storybook/manager.js

import { create } from '@storybook/theming/create';
import { addons } from "@storybook/addons";

addons.setConfig({
  theme: create({
    base: 'light',
    brandTitle: 'Angular Storybook'
  })
});

E vamos ter o seguinte resultado:

Storybook com título definido no manager.js

O layout continua o mesmo, mas, em vez da logo do Storybook, está aparecendo o nome do nosso projeto definido no tema.

Se quiser saber mais sobre a parte de tema, você pode ver a documentação oficial sobre criação de temas.

Separadores de hierarquia

Antes do 5.3, o Storybook aceitava vários tipos de separadores de hierarquia, como |, \ e .. mas agora ele força a hierarquia a ser definida sempre com /. Então, uma história que tinha esse título UI|Buttons & Indicators/Button ficaria assim UI/Buttons & Indicators/Button.

Vamos revisitar o nosso simple-button/index.stories.ts e substituir o título da história respeitando a nova hierarquia:

projects/storybook-ui/src/lib/simple-button/index.stories.ts

import { SimpleButtonComponent } from './simple-button.component';
import { text } from '@storybook/addon-knobs';
import { moduleMetadata } from '@storybook/angular';
import { action } from '@storybook/addon-actions';

export default {
  title: 'UI / Button',
  decorators: [
    moduleMetadata({declarations: [SimpleButtonComponent]})
  ],
};

export const withDefaultValues = () => ({
  component: SimpleButtonComponent
});

export const withText = () => {
  return {
    template: `
        <ui-simple-button
          [text]="text"
          (click)="click($event)"
        ></ui-simple-button>
    `,
    props: {
      text: text('Text', 'Ola'),
      click: action('Clicou')
    }
  };
};

Fazendo a atualização em massa

Fazer essa alteração na mão para apenas uma história é simples, mas quando começam a ser várias e com vários níveis, isso se torna trabalhoso. Felizmente, a equipe do Storybook fez um script para atualizar isso de forma automática. Você só precisa rodar o seguinte comando:

# dentro do seu projeto
npx -p @storybook/cli sb migrate upgrade-hierarchy-separators --glob="*.stories.(ts|js)"

Perdemos o root!

Com essa atualização nós perdemos o root/raiz das nossas histórias. O root aparecia como um texto em cima das nossas histórias. No nosso caso, era o UI, e tinhamos como pasta o Button. Sem o root, o UI se torna uma pasta como o Button.

Para recuperar essa aparência de root, nós precisamos adicionar o seguinte código no .storybook/preview.js:

.storybook/preview.js

addParameters({ 
  options: {
    showRoots: true,
  },
});

Migração

Tanto a parte do antigo config.js quanto os antigos separadores vão ser suportados até a versão 6.0.0 do Storybook. Felizmente, esse artigo já é suficiente para te preparar para essa versão, mas, caso queira consultar uma fonte oficial, a equipe do Storybook também preparou um guia de migração do 5.2 para o 5.3 para facilitar todo esse processo.

Saber mais sobre

Se quiser saber mais detalhes sobre a parte da configuração declarativa, você pode ver o artigo oficial do Storybook:

Pode comparar o seu progresso com a tag 2.1 do repositório


Geração automática de documentação

O Storybook agora da suporte ao DocsPage para geração automática de documentação, e ao MDX para documentações mais longas e customizadas - vamos falar dele mais tarde.

Página de exemplo da documentação gerada do Storybook com AngularFonte

Configurando o DocsPage

Para usar o DocsPage só preciamos instalar umas dependências, adicionar poucas configurações, e a documentação está pronta. Parece mágica, mas é melhor!

Instale as dependências

Primeiro nós vamos instalar o @storybook/addon-docs (responsável pela geração das páginas) e o @compodoc/compodoc (gerador de documentação do de projetos do Angular).

# dentro do seu projeto
npm install --save-dev @storybook/addon-docs @compodoc/compodoc

Mais tarde vou detalhar a importância do compodoc.

Adicione os scripts de geração

Vamos criar o script docs:storybook que vai ser responsável por gerar a documentação do nosso projeto, e vamos adicionar esse script antes da execução do storybook e do build-storybook.

package.json

{
  ...,
  "scripts": {
    "docs:storybook": "compodoc -p .storybook/tsconfig.json -e json -d .",
    "storybook": "npm run docs:storybook && start-storybook -p 6006",
    "build-storybook": "npm run docs:storybook && build-storybook"
  }
}

O comando que configuramos vai gerar um arquivo JSON chamado documentation.json e vamos passar essas informações para o @storybook/addon-docs.

⚠️ Na documentação é recomendado usar o tsconfig.json do projeto principal em vez do .storybook/tsconfig.json, mas como estamos usando o compodoc para o Storybook, na MINHA OPINIÃO faz mais sentido usar o do Storybook. Sinta-se livre para discordar e opinar!

Infelizmente, a documentação não atualiza automaticamente ao mudar o componente. Precisamos regerar o documentation.json sempre que quisermos as informações mais novas. Felizmente já tem uma issue aberta sobre isso.

Explicando o compodoc

Explicando um pouco o comando que acabamos de configurar, nós passamos as seguintes opções:

  • -p ou --tsconfig para definir qual tsconfig vai ser usado
  • -e ou --exportFormat para definir o formato que vai ser exportado
  • -d ou --output para definir a pasta em que vai ser exportada a documentação

Se usássemos as opções padrões do compodoc e gerássemos a documentação com compodoc -p .storybook/tsconfig.json, seria gerada a pasta documentation com páginas HTML com uma documentação completa do projeto.

Exemplo de uma documentação gerada pelo compodocFonte

Configure o @storybook/addon-docs

Como todos os outros addons nós precisamos adicionar ele no .storybook/main.js para ele ser carregado:

.storybook/main.js

module.exports = {
  ...
  addons: [
    ...,
    '@storybook/addon-docs',
  ]
};

Além disso, precisamos alimentar ele com o documentation.json gerado pelo compodoc. Vamos adicionar o seguinte no .storybook/preview.js:

.storybook/preview.js

import { setCompodocJson } from "@storybook/addon-docs/dist/frameworks/angular";

import docJson from '../documentation';

setCompodocJson(docJson);

E por último, não podemos esquecer de adicionar a propriedade component na história do nosso componente. É com ela que será identificado o componente e vinculado a tabela de propriedades geradas pelo compodoc:

projects/storybook-ui/src/lib/simple-button/index.stories.ts

export default {
  title: 'UI / Button',
  component: SimpleButtonComponent, // Adicionado aqui
  decorators: [
    moduleMetadata({declarations: [SimpleButtonComponent]})
  ],
};

Adicione uns enfeites (opcional)

Apenas para ver como a tabela de propriedades é gerada pelo compodoc, vamos adicionar o seguinte no simple-button/index.stories.ts:

projects/storybook-ui/src/lib/simple-button/simple-button.component.ts

/**
 * ViewChild que está vinculada a nada
 */
@ViewChild('empty', { static: false })
empty: TemplateRef<any>;

/**
 * Output fake
 */
@Output()
clicked = new EventEmitter();

/**
 * Input que define o texto apresentado no botão
 */
@Input()
text = 'clique aqui';

/**
 * Método simples e público
 * @return void
 */
public simpleMethod(): void {}

/**
 * Método complexo e privado
 * @return string
 */
private complexMethod(num1: number, num2: number): string {
  return '';
}

E também podemos controlar o tamanho do preview das histórias da documentação adicionando uma configuração no .storybook/preview.js:

.storybook/preview.js

addParameters({
  ...,
  docs: {
    iframeHeight: 60
  }
});

Resultado

Agora, quando rodarmos o comando npm run storybook, devemos ver o seguinte:

Página de documentação no Storybook, exibindo a tabela de propriedades gerada pelo compodoc pro componente SimpleButton

🎉 Storybook com documentação gerada 🎉

Saber mais sobre

Se quiser saber mais detalhes sobre geração de documentação, você pode ler o guia oficial para o Angular, ou o artigo oficial do Storybook:

Pode comparar o seu progresso com a tag v2.2 do repositório


Iniciando um Design System com MDX

MDX é a mistura de Markdown (MD) e JSX (sintaxe do React para escrita de templates). Com o MDX, o Storybook nos da a liberdade de melhorar ou substituir as documentações geradas automaticamente, e muito mais!

Gif de introdução ao MDX, onde é mostrado uma imagem de exemplo de MDX, depois o que seria o resultado disso, e por último o logo do Storybook e do MDX lado a ladoFonte

Com o MDX podemos escrever histórias apenas com MDX ou misturar as histórias em CSF (Component Story Format) com MDX. Também podemos escrever um MDX de documentação sem histórias, como design tokens e introdução ao design system. Segue abaixo o exemplo de um projeto:

Colagem de imagens mostrando um repositório com Landing Page, Markdown, MDX, Props e DocsPage
Site | GitHub

Como escrevemos em MDX

Exemplo de sintaxe de MDXFonte

Olhando a imagem acima, podemos ver o #Badge e o Lets define... e isso faz parte da sintaxe do Markdown. Enquanto isso o <Badge> que é um componente feito em React, e o <Meta>, <Story> e <Preview> que fazem parte do addon-docs, usam a sintaxe do JSX. Isso quer dizer que, quando quisermos adicionar textos e formatações nós vamos usar o MD (Markdown), e quando quisermos adicionar algum layout ou funcionalidade diferente, vamos usar componentes em React com JSX. Segue abaixo o que seria o resultado do MDX apresentado anteriormente:

Fonte

O resultado dessa combinação é uma sintaxe muito mais simples. Ela é tão simples, e mais afastada da programação, que se torna fácil para que pessoas sem conhecimento da nossa linguagem de programação possam contribuir com a documentação do nosso Design System.

Gif rodando 5 imagens que demonstram o preview de um componente, a tabela de propriedades de um componente, a tipografia, a palheta de cores, e os ícones de um sistema
Fonte | Site | GitHub | Componentes de Auxílio

Configurando o MDX

Para fazer o MDX rodar é bem simples. Nós precisamos instalar algumas dependências e fazer nosso sistema encontrar os arquivos MDX.

Instale as dependências

O MDX precisa do DocsPage e do React (JSX). Como já fizemos as instalações pro DocsPage anteiormente, vamos só fazer as instalações necessárias do React.

# dentro do seu projeto
npm install --save-dev react react-is babel-loader

Altere o main.js

O nosso .storybook/main.js já está configurado para procurar por histórias que tenham as extensões ts ou js. Então só precisamos adicionar a extensão mdx:

module.exports = {
  stories: [
    '../src/**/*.stories.(ts|js|mdx)',
    '../projects/**/*.stories.(ts|js|mdx)'
  ],
  addons: [
    '@storybook/addon-docs',
    '@storybook/addon-knobs',
    '@storybook/addon-actions'
  ]
};

Criando um arquivo MDX

Por enquanto vamos criar só um arquivo de ilustração. Só precisa copiar e colar que mais tarde vou explicar a sintaxe. Dentro de projects/storybook-ui/src/lib/ vamos criar o arquivo design-system/getting-started.stories.mdx para introduzir as pessoas ao nosso design system:

projects/storybook-ui/src/lib/design-system/getting-started.stories.mdx

import { Meta } from '@storybook/addon-docs/blocks';

<Meta title='Design System / Introdução' />

# Introdução

Olá pessoa! Seja bem vinda ao meu Design System

Veja o resultado

Agora, quando você rodar o comando npm run storybook, você deve ver algo como o que está abaixo:

Página gerada pelo Storybook com o texto formatado do arquivo acima

Criando histórias com MDX

Nós configuramos o DocsPage e o MDX, e vimos ambos em ação. Agora, nós precisamos dar o próximo passo e entender como criar histórias em MDX. Para isso, devemos saber quais ferramentas temos.

Blocos do @storybook/addon-docs

O Storybook nos dá vários blocos para montarmos nossas histórias, e os 4 blocos principais são:

  • Meta para definir título, decorators e parameters (assim como o que definimos no export default no CSF)
  • Props para exibir a tabela de propriedades do componente
  • Story para criar a história do componente e exibir ela na documentação
  • Preview para exibir a história do componente em volta de um bloco de exibição

Existem outros blocos além desses, como o ColorPalette para design tokens, mas esses 4 são os principais e devem aparecer em todas as histórias que fizermos com MDX. Além disso, também podemos criar os nossos próprios blocos usando o React.

Estilos de escrita com MDX

Diferente do React e do Vue, no Storybook o Angular não tem a habilidade de escrever histórias inline. Felizmente, temos outras abordagens:

Não irei abordar o último estilo de escrita com MDX (histórias em CSF definindo o MDX arbitrariamente), pois eu não consegui fazer ele funcionar. Continuarei buscando soluções e atualizarei esse artigo caso consiga.

Histórias puras em MDX

Essa abordagem é ótima para documentações, como o getting-started.stories.mdx, e também para componentes simples. Como eles não precisam de muita configuração, e no máximo tem alguns inputs e outputs simples, não precisamos de um arquivo de lógica. Segue abaixo um exemplo:

index.stories.mdx

import { Meta, Story, Props, Preview } from '@storybook/addon-docs/blocks';
import { moduleMetadata, addDecorator } from '@storybook/angular';
import { SimpleButtonComponent } from '../simple-button.component';

<Meta
  title='UI / Button'
  component={SimpleButtonComponent}
  decorators={[moduleMetadata({ declarations: [SimpleButtonComponent] })]}
/>

# SimpleButton Component

Uma descrição simples em **markdown**.
Exibindo o `SimpleButtonComponent` usando o `Story`.

<Story name='basic' height='60px'>{{
  component: SimpleButtonComponent,
  props: {},
}}</Story>

## Props

A tabela de propriedades é exibida com usando o `Props`.

<Props of={SimpleButtonComponent} />


## Stories

Fazendo preview da história com `<Preview>`.

<Preview>
  <Story name="Basic Preview">{{
    component: SimpleButtonComponent,
    props: {},
  }}</Story>
</Preview>

Histórias em CSF com documentação em MDX

As vezes nós temos componentes mais complexos, ou com dados mais longos, e queremos deixar a parte da documentação mais simples possível. Para esses casos nós vamos ter dois arquivos, um CSF (.ts ou .js) e um MDX (.mdx). No CSF vamos deixar as histórias e lógicas, e no MDX vamos deixar a documentação e aplicaremos as histórias nos devidos lugares. Segue abaixo um exemplo:

stories.ts

import { action } from '@storybook/addon-actions';
import { text } from '@storybook/addon-knobs';
import { SimpleButtonComponent } from '../simple-button.component';

export const withDefaultValues = () => ({
  component: SimpleButtonComponent
});

export const withText = () => {
  return {
    template: `
        <ui-simple-button
          [text]="text"
          (click)="click($event)"
        ></ui-simple-button>
    `,
    props: {
      text: text('Text', 'Ola'),
      click: action('Clicou')
    }
  };
};

index.stories.mdx

import { Meta, Story, Props, Preview } from '@storybook/addon-docs/blocks';
import { moduleMetadata, addDecorator } from '@storybook/angular';
import { SimpleButtonComponent } from '../simple-button.component';
import * as stories from './stories.ts';

<Meta
  title='UI / Button'
  component={SimpleButtonComponent}
  decorators={[moduleMetadata({ declarations: [SimpleButtonComponent] })]}
/>

# SimpleButton Component

Uma descrição simples em **markdown**.
Exibindo o `SimpleButtonComponent` usando o `CSF` + `MDX`.

<Story name='basic' height='60px'>{stories.withDefaultValues()}</Story>

## Props

A tabela de propriedades é exibida com usando o `Props`.

<Props of={SimpleButtonComponent} />


## Stories

Usando histórias criadas em CSF no MDX

<Preview>
  <Story name="With Text">{stories.withText()}</Story>
</Preview>

Vamos atualizar nossa história

Vendo as estratégias acima, podemos afirmar que nosso componente só precisa de um arquivo MDX porque ele é bem simples, mas, apenas por questão de demonstração, vamos usar os dois estilos ao mesmo tempo. Vamos pegar o nosso simple-button/index.stories.ts e começar a criar nossa nova documentação dele. Vamos seguir os seguintes passos:

  • Crie a pasta stories dentro de projects/storybook-ui/src/lib/simple-button
  • Renomei o index.stories.ts para stories.ts e mova ele para dentro de stories
  • Crie o arquivo index.stories.mdx dentro stories

Nós renomeamos o arquivo para não haver um possível problema de carregamento das histórias, e movemos os dois arquivos para uma outra pasta apenas por questão de organização.

Agora, vamos aplicar as mudanças no conteúdo dos arquivos:

stories.ts

import { action } from '@storybook/addon-actions';
import { text } from '@storybook/addon-knobs';
import { SimpleButtonComponent } from '../simple-button.component';

export const withDefaultValues = () => ({
  component: SimpleButtonComponent
});

export const withText = () => {
  return {
    template: `
        <ui-simple-button
          [text]="text"
          (click)="click($event)"
        ></ui-simple-button>
    `,
    props: {
      text: text('Text', 'Ola'),
      click: action('Clicou')
    }
  };
};

index.stories.mdx

import { Meta, Story, Props, Preview } from '@storybook/addon-docs/blocks';
import { moduleMetadata, addDecorator } from '@storybook/angular';
import { SimpleButtonComponent } from '../simple-button.component';
import * as stories from './stories.ts';

<Meta
  title='UI / SimpleButton'
  component={SimpleButtonComponent}
  decorators={[moduleMetadata({ declarations: [SimpleButtonComponent] })]}
/>

# SimpleButton Component

Uma descrição simples em **markdown**.
Exibindo o `SimpleButtonComponent` usando o `Story`.

<Story name='simples' height='60px'>{{
  component: SimpleButtonComponent,
  props: {},
}}</Story>

## Props

A tabela de propriedades é exibida com usando o `Props`.

<Props of={SimpleButtonComponent} />


## Stories

Usando histórias criadas em CSF no MDX

<Preview>
  <Story name="com valores default">{stories.withDefaultValues()}</Story>
</Preview>

<Preview>
  <Story name="com texto diferente">{stories.withText()}</Story>
</Preview>

O resultado resultado é esse:

Imagem da documentação gerada a partir do index.stories.mdx. Exibindo o título, a história simples e a tabela de propriedades na parte principal, e na parte lateral os links das histórias: simples, com valores default e com texto diferente

Saber mais sobre

Se quiser saber mais detalhes sobre documentação rica com MDX, você pode ler o artigo oficial do Storybook:

Além disso, também tem esses links super importantes com documentações e exemplos:

Antes de ir para a próxima sessão, se você já tem várias histórias criadas no Storybook no estilo do storiesOf ou CSF e quer mudar todas, ou algumas, para outro estilo, você pode dar uma olhada no codemod. Ele tem scripts para mudar, em massa, as histórias de estilo e isso pode te poupar muito tempo.

Pode comparar o seu progresso com a tag v2.3 do repositório


Storybook focado em Design

Quando lidamos com qualquer organização de um projeto, a parte mais difícil é a comunicação. Seja a falta ou o mau uso dela. Para resolver esse problema, em relação aos aspectos de Design de um sistema, existe o Design System.

Apesar de o Design System ser uma ótima solução, cada equipe tem um conjunto de ferramentas e elas vivem em seus universos isolados. Isso torna o trabalho de manter um Design System algo, um tanto que, trabalhoso.

Por esse motivo, eu fico muito feliz quando vejo o time do Storybook exibindo tantas integrações com essas essas ferramentas.

Imagem mostrando, no lado esquerdo as integrações com ferramentas de Design: Sketch, Figma, Zeplin, Abstract, Invision e Adobe XD, com o Storybook, no lado direito, e o React, Vue e AngularFonte

  • Figma addon
    As mudanças de Design vão aparecer automaticamente no Storybook

  • Abstract addon (para Sketch e Adobe XD)
    Abre um painel nas histórias do Storybook, onde você vê os layers e containers do Abstract

  • InVision Design System Manager
    O DSM permite ver os componentes do Storybook, no app do DSM, junto dos designs extraídos do Sketch

  • Zeplin
    Linka e mostra uma minidocumentação dos componentes do Storybook direto com o app do Zeplin

  • Zeroheight
    O addon leva os componentes do Storybook para serem exibidos junto com os designs de outras ferramentas, como Sketch, Figma, ou Adobe XD

  • Story2sketch for Sketch
    Converte histórias do Storybook em símbolos do Sketch

  • Design Token
    Transforma e exibe design tokens identificados em um painel no Storybook

Fonte

São integrações para a equipe de Design ver os nossos componentes e usar eles nos próximos designs, ou para nós vermos os designs deles e compararmos cores, tamanhos e fontes. O objetivo é todos terem uma única fonte de verdade sobre os elementos de design e facilitar a manutenção e evolução do Design System

Saber mais sobre

Se quiser saber mais detalhes sobre Storybook para Design, você pode ler o artigo oficial do Storybook:


Conclusão

Além de facilitar a utilização e configuração, também adicionaram vários modos de criação de documentação (DocsPage e MDX) e várias integrações com as ferramentas de Design. O Storybook tem evoluído muito, e vai continuar evoluindo, para se tornar a ferramenta para criações de Design System.

Eu aprendi muito enquanto fazia esse artigo e espero que ele ajude você também.

Um forte abraço e até a próxima! 😬


Fontes

A base desse artigo foram os 4 artigos sobre o lançamento da nova versão do Storybook. Segue abaixo os links:

Além desse artigos, também tiveram esses outros links:

Storybook no Angular (2 Part Series)

1) Como criar uma biblioteca de componentes com Angular e Storybook 2) Iniciando um Design System com Storybook 5.3 e Angular

Posted on by:

klauskpm profile

Klaus Kazlauskas

@klauskpm

Oie! Sou desenvolvedor front-end, ex-co-organizador do Angular RJ e não bebedor de café! Você pode sempre esperar conteúdo em português e algumas piadas ruins.

Discussion

markdown guide